Chatbots: a revolução no atendimento ao cliente

Por abril 19, 2018 julho 11th, 2019 Tecnologia, Transformação Digital

Chatbots é a grande tendência para os próximos anos que irá causar uma revolução de atendimento ao cliente. O importante é que a inteligência artificial não é mais apenas para grandes empresas, o desenvolvimento de aplicativos móveis estão ajudando pequenas e médias empresas a se destacarem, aproveitando as novas tecnologias.

Os chatbots são programas de computador que têm a capacidade de conversar com você por mensagens. Se você parar para pensar, a maioria das pessoas fala umas com as outras por meio de mensagens de texto, como WhatsApp, o Messenger do Facebook, entre outras ferramentas. É rápido e facilmente acessível. Da mesma forma, um chatbot pode ser incorporado em um site para interagir diretamente com os clientes através de mensagens.

Isso indica claramente que os chatbots vão mudar a forma como as organizações fazem seus negócios e atendem os clientes. E, como estamos iniciando 2018, gostaria de fazer uma recapitulação dos avanços tecnológicos e compartilhar uma visão sobre como os chatbots vão evoluir este ano.

Chatbots com natureza conversacional

Chatbots, a interface de conversação mais elogiada se tornará popular entre os clientes e organizações em 2018. Como um animal social, os seres humanos estão sempre procurando um toque pessoal na conversa.

Além disso, eles querem uma resposta rápida em vez de respostas automatizadas atrasadas. O Chatbot tem imenso potencial em diferentes setores, desde marketing, vendas, retenção de clientes e engajamento.

Progresso na interface de conversação

Em 2017, vimos muitos casos interessantes de interfaces conversacionais. Entre as muitas interfaces, vendas e marketing roubaram os holofotes. As organizações que implementaram interfaces conversacionais para fins de marketing conseguiram eliminar os formulários do cliente com conversas.

Chatbots ajudará a obter insights do cliente

Os chatbots serão usados ​​para coletar insights de clientes, pois melhorarão todos os níveis de marketing e interação com os clientes. Armazenar informações será mais rápido e fácil. Cada conversa pode ser armazenada e usada para análise posterior. Isso torna o chatbot mais bem equipado para responder a futuras perguntas e ajuda você a entender seus clientes.

Os chatbots são basicamente usados ​​para analisar o tipo de perguntas feitas pelo cliente para estar preparado para o futuro. Levando isso adiante, uma equipe de marketing competente sabe que depois de coletar as análises, elas precisam ser tratadas e o ciclo de melhoria constante.

Chatbots avançados estão começando a automatizar esse processo e melhorar a si mesmos aprendendo com conversas anteriores e são capazes de responder a mais perguntas.

Por enquanto, pelo menos as pessoas ainda são mais inteligentes do que os chatbots, e os profissionais de marketing ainda otimizam continuamente seus chatbots com base em como os usuários respondem às respostas, mas isso deve mudar.

Trazendo análise de dados para as massas

Juntamente com o chatbot, o big data tem sido um dos termos mais comentados nos últimos anos. Embora o big data tenha um enorme potencial em termos de análise de dados e insights para as organizações, ele revolucionará completamente a forma como as empresas interagem com os clientes, pois todas as conversas serão analisadas, ajudando no crescimento dos negócios e no melhor envolvimento dos clientes.

Chatbot para sites

Mais e mais organizações terão chatbots embutidos em seu site. É uma excelente fonte de interação e engajamento dos usuários e permite mais controle sobre o marketing das organizações, atividades de vendas e estratégia de experiência do usuário.

Não espero ver todas as tendências acontecendo de uma só vez. Elas vão acontecer dependendo do resultado de outra, mas, no entanto, o chatbot verá uma nova fase de maturidade e crescimento em 2018.

Walter Ziebarth

. Walter Ziebarth