Se o que você procura é uma forma eficiente de gerar relevância para sua marca, confira neste artigo como anunciar no Spotify pode conectar você ao seu público alvo de forma criativa e pessoal, gerando não só resultados incríveis, mas também relacionamento e proximidade com seus clientes!

Conhecer o público faz toda a diferença

As primeiras transmissões de rádio regulares para entretenimento começaram em meados de 1920 na Argentina e Estados Unidos. Quase um século atrás, a tecnologia fascinava toda uma geração com as possibilidades que as ondas de rádio traziam consigo.

Ouvir rádio era um evento. As famílias se reuniam ao redor desse aparelho futurista para consumir esse ancestral dos aplicativos de streaming, que possuímos hoje. O rádio impactou toda uma geração e mudou hábitos. 

Alguns anos depois, outra geração seria impactada (provavelmente a sua), agora pelo advento da internet. Um mundo conectado, compartilhado e veloz. A internet mudou tudo. Trouxe possibilidades antes nunca imaginadas e agora, o consumo de entretenimento tornou-se parte do dia a dia das gerações Z e Millennials.

Se você conhece o um pouco de marketing, sabe o quão importante é para uma marca atingir e interagir com essas gerações. Conhecer a forma como esse público consome entretenimento é uma peça fundamental para vender mais. Em um novo estudo de pesquisa, o Spotify, em parceria com a Culture Co-Op, descobriu cinco tendências globais importantes que podem ajudar os profissionais de marketing e os criadores de conteúdo a se conectarem melhor com esses importantes grupos de consumidores jovens.

O primeiro “Relatório Anual de Tendências da Cultura” do Spotify alavancou dados primários, grupos focais e pesquisas para coletar insights de 4.000 entrevistados entre 15 e 37 anos da Austrália, Filipinas, Brasil, México, Reino Unido, Alemanha, França e Estados Unidos.

Esses dados revelaram tendências como: um forte vínculo ao compartilhar sentimentos através da música, uma identidade globalizada pelo contato com culturas de todo o mundo, o impacto da vida digital na vida real em hobbies, tendências e consumo além de expor o consumo de áudio como uma fuga de suas telas e dos meios visuais tão saturados em nosso tempo.

Entendendo o comportamento e também a mentalidade de seu público, o Spotify tem revolucionado a distribuição de anúncios de forma criativa, alcançando milhares de usuários de forma íntima e pessoal, pelos fones de ouvido.

Como funciona o Spotify?

O Spotify foi lançado oficialmente no mercado em 2008, chegando no Brasil apenas em 2014. Se a chegada do aplicativo no país demorou, em contra partida, a adesão do público brasileiro à novidade foi bastante rápida. Segundo uma pesquisa realizada pela TNS Global, o Spotify é líder em termos de alcance semanal, atingindo 22,8% da população brasileira.

O Spotify funciona como uma Netflix de músicas. Há duas versões de conta, uma gratuita e outra paga, chamada premium. É possível acessar o Spotify através de um navegador web ou baixar o software, tanto para Smartphone, quanto no computador.

São mais de 30 milhões de músicas para serem ouvidas em streaming (sem necessidade de download). Além de ouvir músicas, você pode criar playlists colaborativas com os amigos, filtrar por listas e artistas e mais recentemente o aplicativo desenvolveu ainda o “Behind the Lyrics”, um recurso que mostra a letra e a história por trás da sua composição (disponível apenas para músicas em inglês, por enquanto).

Alguns recursos ficam disponíveis apenas para quem tem a versão paga do App, como baixar playlists para ouvir offline e pular músicas que você não quer ouvir na sequência. 

Outra coisa que a ferramenta paga oferece é a não veiculação de anúncios durante a utilização do aplicativo. Mas geralmente os anúncios são tão gostosos de ouvir e criativos que quem migra para a versão paga acaba sentindo falta deles.

Mesmo perdendo alguns benefícios, a maior parte dos usuários permanece utilizando  a versão gratuita do Spotify. Cerca de 66% dos usuários não são pagantes, totalizando um público de pouco mais de 112 milhões no mundo todo.

Porque anunciar no Spotify?

 

  • Segmentação de público

Além do público imenso disponível na plataforma citado acima, o Spotify permite a segmentação do público alvo, permitindo ações regionais, por idade, gênero, entre outras possibilidades, uma vez que, para utilizar o serviço, o usuário disponibiliza informações básicas de cadastro.

  • Público consumidor

Outro bom motivo para anunciar no Spotify  é o fato de que os millennials têm 94% mais chances de ter uma conta no Spotify. Praticamente uma geração inteira conectada em um só lugar.

  • Conexão Emocional

Como a pesquisa do Spotify apontou, essas gerações possuem um envolvimento emocional com a música. O fato de os ouvintes estarem envolvidos com suas músicas favoritas na hora do anúncio, torna o processo menos invasivo, gerando conexão da marca com o consumidor.

  • Consumo como rotina

Diferente de um conteúdo visual, em vídeo ou imagem, o consumo de áudio se torna mais acessível no cotidiano. O Spotify oferece playlists para períodos de atividades físicas, estudos e outras atividades, incentivando o público ao consumo diário, em ocasiões que dificilmente estariam expostos a algum tipo de publicidade.

Formatos de anúncio no Spotify

 

  • Áudio

O formato de áudio, chamado de Audio Everywhere, é veiculado no intervalo entre as músicas e tem duração de até 30 segundos, o que garante 100% de SOV (desempenho do anúncio) para sua marca. Além disso, é possível veicular um banner clicável, aumentando os acessos à URL de destino.

  • Vídeo Takeover

O anúncio em formato de vídeo takeover é veiculado em aplicativos abertos no desktop e na versão mobile. O vídeo também é reproduzido entre as músicas de uma sessão com um banner associado, o que garante a visualização HAVOC, que é a segurança de que foi ouvido e visualizado até o final por uma pessoa de verdade.

  • Overlay

O overlay é um anúncio de display exibido durante 2 segundos, somente quando o usuário volta ao aplicativo do Spotify. É 1uma espécie de “seja bem-vindo de novo” criado para garantir impacto da marca. Neste tipo de anúncio também há um banner clicável.

  • Homepage Takeover

O homepage takeover é um dos anúncios mais procurados na plataforma pois garante a visibilidade de sua marca durante um dia inteiro na homepage. Neste anúncio, também é possível adicionar elementos interativos e inserir uma URL clicável.

  • Leaderboard

Os anúncios em formato leaderboard são abertos exclusivamente quando o Spotify é o aplicativo predominante na tela. Neste formato a mensagem é veiculada durante 30 segundos.

Já o formato de sponsored playlist permite o patrocínio de branding e mídia, utilizando mídia nativa e/ou in-playlist. Além de possuir um lugar de destaque dentro da playlist, a marca pode interagir com os usuários através de áudio e vídeo. Dessa forma você atinge seu público-alvo por meio do gosto musical, já que anuncia em playlists específicas da plataforma.

Com a sessão patrocinada a marca financia uma sessão de 30 minutos sem anúncios para o consumidor se este assistir sua propaganda até o final. É uma forma de oferecer à audiência um recurso de reciprocidade, gerando empatia com a marca.

Independente do formato escolhido, após a criação do anúncio é possível escolher um orçamento e o tempo de veiculação da campanha. Depois disso pode-se analisar os resultados para ver a resposta da audiência.

Anunciar no Spotify funciona?

Mesmo sendo acessado por 207 milhões de usuários mensalmente (dados apresentados pela empresa final de 2018), ainda são poucas as marcas que apostam em anúncios na plataforma, talvez por falta de conhecimento sobre a segurança do retorno de investimento.

O Spotify for Brands oferece métricas que permitem compreender o alcance, repercussão e reação dos usuários em relação ao seu anúncio. Ou seja, além de poder atingir exatamente o público que deseja (faixa etária, sexo, região, etc), ainda é possível entender detalhes da campanha como: quem visualizou, como a mensagem foi percebida e se o usuário clicou no banner de seu anúncio.

Um bom exemplo de resultados é a Unilever. A empresa queria aumentar o awareness (consciência) dos clientes na Alemanha para o desodorante AXE Gold entre homens de 16 e 24 anos. O objetivo da empresa era ser lembrada quando seus clientes precisarem dar uma renovada. 

A empresa então iniciou uma campanha na Alemanha veiculando vídeos curtos e hilários utilizando o formato de anúncio de Vídeo Takeover para desktop e mobile do Spotify, utilizando também o recurso de Sponsored Sessions, que permite aos usuários desbloquear 30 minutos de uso sem anúncios ao assistir a um vídeo da marca.

O anúncio display que acompanhava a peça dizia “#GOLDBLEIBEN,” ou “não perca seu brilho”.

Com uma mensagem engraçada e fácil de entender, o AXE Gold teve um aumento de 168% de ad recall (usuários que lembravam do vídeo) nos anúncios do Spotify.

Ao veicular anúncios interessantes a um público engajado, o AXE Gold conquistou 14% de brand awareness (consciência de marca) em comparação ao controle.

Graças à inteligência de streaming do Spotify, 75% dos usuários que viram os anúncios do AXE Gold confirmam sua relevância.

A Gatorade é outra empresa que acertou ao anunciar no Spotify. A empresa buscou atingir seu público-alvo nos principais mercados dos EUA. Eles queriam que a campanha fortalecesse o awareness (consciência) do produto entre jovens atletas hispânicos e entre os principais compradores em cada residência, com idades entre 18 e 34 anos.

Com a inteligência de streaming do Spotify (dados que coletamos de nossos usuários a respeito de humor, mentalidade, gostos e hábitos), a Gatorade foi capaz de atingir seu público-alvo direcionando esforços a interesses, momentos e intenção de compra. Eles alcançaram os atletas hispânicos e os compradores de bebidas esportivas no momento em que eles estariam mais interessados em consumir o produto, durante os treinos. 

A campanha conseguiu impactar o público certo, em espanhol ou inglês (dependendo do idioma de escolha) com peças criativas, que utilizavam música como base. A campanha da Gatorade combinou áudio, displays mobile e Sessões Patrocinadas para contar a história certa, no formato ideal para o contexto do usuário.

A mensagem-chave da campanha foi muito bem exposta, e os clientes concordaram com os argumentos utilizados nas peças. Na opinião do público-alvo, a publicidade foi diferente, interessante e relevante.

O público alegou que os anúncios funcionaram muito bem no Spotify e sentiram que a Gatorade e o Spotify fazem sentido juntos.

Conclusão

Uma boa estratégia de marketing precisa estar fundamentada no perfil do seu cliente ideal (ICP e persona).  Anunciar no Spotify vai assegurar que o público certo seja impactado por seu anúncio, uma vez que a plataforma permite uma segmentação bastante específica. Assim, você pode garantir que seus anúncios sejam regionalizados, atendendo a comunicação, cultura e necessidade de cada localidade.

Para conhecer e definir o público alvo o Spotify e a SMBR te ajudam. Diariamente o Spotify coleta mais de 2 bilhões de dados sobre o comportamento dos usuários para classificá-los e encontrar — para eles e para os anunciantes — os melhores matchs.

Na plataforma é possível anunciar de várias formas diferentes como você viu aqui. Para uma campanha dar resultados incríveis, é possível pensar em estratégias de comunicação que envolvam um ou vários desses formatos de anúncios combinados.

Para pensar em uma campanha perfeita nós podemos te ajudar! A SMBR é especialista em anúncios no Spotify e outras plataformas online. Nós trabalhamos com regionalização, entendendo que é necessário conversar com o público de cada região de uma forma diferente, para atingir melhores resultados e engajamento. Ou seja, a segmentação no Spotify está diretamente relacionada ao resultado do seu anúncio.

Pensando em anunciar no Spotify e aproveitar todos os recursos que a maior plataforma de streaming de música tem a oferecer? Não deixe de falar com a gente!

 

 

 

 

Gostou do post? Avalie ☝🏾
Walter Ziebarth

. Walter Ziebarth